terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Teoria XIV - Seja a exceção!

Creio que esta teoria seja o arremate das últimas quatro (teorias X, XI, XII e XIII). Também é um "puxão de orelha" para mim e para quem se dispôr a ler. Com o ano novo se aproximando, não deixa de ser uma motivação para "sacudirmos" o status quo.

Nestes tempos medíocres em que vivemos, seja a exceção!

A arte que sempre teve papel revolucionador, é descartável.
Nossos governantes via de regra são medíocres.
As amizades são tão descartáveis quanto os bens de consumo.

Não fique triste, emputeça-se com sua inércia e seja diferente.
Se é um artista, tente inovar.
Tente ser o melhor na sua profissão.
Não perca seu tempo criticando, participe... quebre o paradigma.
Toda mudança só existe com ação. Transforme sua energia potencial em energia cinética.
Talento não é nada perto da força de vontade.
Se as pessoas não lhe reconhecerem e prestigiarem seu trabalho, não desanime. A história lhe fará justiça. Afinal, você está nessa para quê? Para ser mais uma famosidade? Se for, pare agora de ler e engrosse as fileiras da mediocridade.
Procure construir amizades mais sólidas. Valorize e mantenha as mesmas.

Sucesso e fama são coisas diferentes.
Ao revés de trabalhar para ser rico, trabalhe para ser próspero.

As redes sociais tem sido um reduto da demagogia e um antro para a retórica. Cuidado, não entre no grupo dos manipulados. Ouça sempre os dois lados. Seja desconfiado com os discursos inflamados, pois, v.g., possuem um interesse oculto. Seja mineiro¹.


Reflita sempre. Sincretismo não é sinônimo de confusão.

Está fora de moda, mas seja bom, busque a virtude. Vale a pena.


SEJA A EXCEÇÃO, PORRA!

Um abraço e até a próxima.


Elvis Almeida

Notas:
1. Mineiro tem fama de ser desconfiado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...