Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2012

Teoria XIV - Seja a exceção!

Creio que esta teoria seja o arremate das últimas quatro (teorias X, XI, XII e XIII). Também é um "puxão de orelha" para mim e para quem se dispôr a ler. Com o ano novo se aproximando, não deixa de ser uma motivação para "sacudirmos" o status quo . Nestes tempos medíocres em que vivemos, seja a exceção! A arte que sempre teve papel revolucionador, é descartável. Nossos governantes via de regra são medíocres. As amizades são tão descartáveis quanto os bens de consumo. Não fique triste, emputeça-se com sua inércia e seja diferente. Se é um artista, tente inovar. Tente ser o melhor na sua profissão. Não perca seu tempo criticando, participe... quebre o paradigma. Toda mudança só existe com ação. Transforme sua energia potencial em energia cinética. Talento não é nada perto da força de vontade. Se as pessoas não lhe reconhecerem e prestigiarem seu trabalho, não desanime. A história lhe fará justiça. Afinal, você está nessa para quê? Para ser mais uma famos

Teoria XIII - A riqueza empobrece...

Recentemente, durante uma rodada de "fisolofia de buteco" numa festa de premiação, eu soltei a máxima "a riqueza empobrece" e de cara o que mais se destacou foi o antagonismo da frase. Sou muito fã da doutrina Taoísta e por isso, gosto muito de escrever e falar paradoxalmente, como forma de instigar o pensamento racional. Após o impacto inicial do brocardo, passei a explicar meu ponto de vista e a conversa ficou muito interessante. Portanto, não podia deixar transcrever mais esta teoria, que com certeza, irá agradar a muitos e incomodar outros tantos (risos). Num primeiro momento, o discurso pode até ter soado socialista, mas garanto que não é. Se tem uma coisa que não sou mais é socialista... é aquela história, "quem não é de esquerda na juventude não tem coração, quem continua de esquerda depois dos 30, não tem juízo" (risos). Desta forma, o que se busca com esta frase, é instaurar uma reflexão do quanto o dinheiro em excesso pode atrapalhar a vida