terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Teoria XIV - Seja a exceção!

Creio que esta teoria seja o arremate das últimas quatro (teorias X, XI, XII e XIII). Também é um "puxão de orelha" para mim e para quem se dispôr a ler. Com o ano novo se aproximando, não deixa de ser uma motivação para "sacudirmos" o status quo.

Nestes tempos medíocres em que vivemos, seja a exceção!

A arte que sempre teve papel revolucionador, é descartável.
Nossos governantes via de regra são medíocres.
As amizades são tão descartáveis quanto os bens de consumo.

Não fique triste, emputeça-se com sua inércia e seja diferente.
Se é um artista, tente inovar.
Tente ser o melhor na sua profissão.
Não perca seu tempo criticando, participe... quebre o paradigma.
Toda mudança só existe com ação. Transforme sua energia potencial em energia cinética.
Talento não é nada perto da força de vontade.
Se as pessoas não lhe reconhecerem e prestigiarem seu trabalho, não desanime. A história lhe fará justiça. Afinal, você está nessa para quê? Para ser mais uma famosidade? Se for, pare agora de ler e engrosse as fileiras da mediocridade.
Procure construir amizades mais sólidas. Valorize e mantenha as mesmas.

Sucesso e fama são coisas diferentes.
Ao revés de trabalhar para ser rico, trabalhe para ser próspero.

As redes sociais tem sido um reduto da demagogia e um antro para a retórica. Cuidado, não entre no grupo dos manipulados. Ouça sempre os dois lados. Seja desconfiado com os discursos inflamados, pois, v.g., possuem um interesse oculto. Seja mineiro¹.


Reflita sempre. Sincretismo não é sinônimo de confusão.

Está fora de moda, mas seja bom, busque a virtude. Vale a pena.


SEJA A EXCEÇÃO, PORRA!

Um abraço e até a próxima.


Elvis Almeida

Notas:
1. Mineiro tem fama de ser desconfiado.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Teoria XIII - A riqueza empobrece...

Recentemente, durante uma rodada de "fisolofia de buteco" numa festa de premiação, eu soltei a máxima "a riqueza empobrece" e de cara o que mais se destacou foi o antagonismo da frase. Sou muito fã da doutrina Taoísta e por isso, gosto muito de escrever e falar paradoxalmente, como forma de instigar o pensamento racional.

Após o impacto inicial do brocardo, passei a explicar meu ponto de vista e a conversa ficou muito interessante. Portanto, não podia deixar transcrever mais esta teoria, que com certeza, irá agradar a muitos e incomodar outros tantos (risos).

Num primeiro momento, o discurso pode até ter soado socialista, mas garanto que não é. Se tem uma coisa que não sou mais é socialista... é aquela história, "quem não é de esquerda na juventude não tem coração, quem continua de esquerda depois dos 30, não tem juízo" (risos).

Desta forma, o que se busca com esta frase, é instaurar uma reflexão do quanto o dinheiro em excesso pode atrapalhar a vida de uma pessoa.

Não é raro, um emergente, junto com o crescimento patrimonial, experimentar também um crescimento elevado na vaidade, na cobiça, na avareza, na luxúria... etc. Quando tais sentimentos não são do próprio ascendido, também não é raro que tal situação desperte inveja e ira dos que estão ao seu lado.

Uma coisa que um "novo rico" sempre irá experimentar é a mágoa daqueles que "ficaram para trás" e o desprezo daqueles que irão recebê-lo na nova classe.

Mas as mazelas da riqueza não são apenas dos emergentes. Aqueles que herdaram sua riqueza e já fazem parte da elite econômica, também sofrem os sequetros e insegurança. Mas o pior mesmo é a frivolidade das amizades constituídas sob o pálio da riqueza. Com raríssimas exceções, tais pessoas são muito mais colegas de classe (social) que amigos. Enquanto você tiver o status de rico, estarás no paraíso. A qualquer rumor de insolvência, serás tratado como se tivesse se tornado um fora da lei.

Já segue um aviso para os desavisados. Não sou contra o dinheiro e muito menos com o mérito de cada um. Se você está ascendendo socialmente com fruto de seu trabalho honesto, meus sinceros parabéns. Se você já nasceu endinheirado, ótima notícia e mérito de algum ancestral seu que ou soube ganhar ou no mínimo manter a fortuna que herdastes.

Somente reflitam se estão rodeados por pessoas que realmente lhes acrescentem algo. Pense que quando se esbanja dinheiro, é por pura luxúria ou vaidade. Quando se guarda demais, é pura avareza e cobiça. Encontre o ponto de equilíbrio e faça parte da exceção à regra. Não deixe o dinheiro te empobrecer espiritualmente.

Mesmo tendo sido tão massacrada, a classe média talvez seja a aquela que consegue melhor equilíbrio, pois não sofre das mazelas da probreza, e nem se "empobrece" com o excesso de dinheiro.

Por fim podemos concluir que o excesso de bens materiais, empobrecem o caráter do ser humano, salvo raríssimas exceções. Exceções, aliás, que só confirmam a regra.

Um abraço e até a próxima teoria.


Elvis Almeida

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Teoria XII – Sincretismo ou confusão ideológica?


Tenho preferência por escrever teorias atemporais, mas temo que a presente possa ficar sem sentido num futuro próximo ou distante, quando as realidade fenomênica se destoar da atual.

Mas como não me manifestar diante de tantas injustiças? Me sinto no dever de me posicionar diante desta ditadura intelectual.

Ao revés do que todo mundo pensa, atualmente, quanto mais se lê, mais se emburrece. Claro que me refiro ao fenômeno da literatura descartável, que hodiernamente transformam livros medíocres em conteúdo em verdadeiros best sellers.

De outro lado, os livros didáticos e a literatura acadêmica está contaminada por uma mistura de ideologias tão discrepantes entre si, porém organizadas de forma a possuírem um sentido psicológico e consequentemente vender.

A “ressaca” do racionalismo (predominante até a segunda guerra mundial) está sendo tão forte, que até mesmo os mais inteligentes são seduzidos pela resposta imediata de uma verdadeira contracultura.

Esperava-se que o pensamento moderno fosse sincrético e simbiótico, mas o que se vê não passa de uma confusão ideológica e um crescente discurso socialista infiltrado na defesa do meio ambiente, das homilias e pregações religiosas, nas organizações sociais... etc.

Em vez de pensar, o “intelectual” moderno absorve um pensamento inspirado nos livros de autoajuda, como se tratasse da cura de todos os males.

Contudo, enquanto as pessoas de bem esperam um mundo melhor, os formadores de opinião, motivados exclusivamente em fortalecer seus próprios círculos, se infiltram e aumentam seu poder político, e consequentemente, o poder econômico.

Ainda pior, não são apenas carros, eletrônicos e toda a parafernália moderna que é descartável. Todo o pensamento moderno também o é. Sei lá se minhas teorias também não são?!

Discordo daqueles que defendem que vivemos uma “vida de gado”. O cidadão que não participa conscientemente destas conspirações, tem uma vida muito pior, afinal, gado tem dono. Tema que nos leva à próxima teoria.

Então... reflita bem sobre o conhecimento que está sendo disseminado pelos órgãos dominantes, pois estão todos contaminados por ideologias primitivas e cujo fim exclusivamente é atender a grupos específicos, em detrimento da maioria.

Vamos “digerir” melhor aquilo que lemos no dia a dia. Do contrário, continuaremos sendo manipulados.

Até mais.


Elvis Almeida

domingo, 1 de janeiro de 2012

Política de Privacidade

O blog Teoria do Elvis entende e respeita a sua privacidade. Esta política de privacidade foi criada para esclarecer aos leitores o tipo de informações pessoais que recebemos quando você está lendo nossos posts.

Esse esclarecimento o ajudará a se sentir seguro no blog Teoria do Elvis, visto que todas as informações aqui coletadas são exclusivamente no sentido de estatísticas, não ficando qualquer dado pessoal armazenado em nosso banco de dados.

Os Cookies e Web Beacons

Utilizamos cookies para armazenar informação, tais como as suas preferências pessoais quando visita o nosso website.  Isto poderá incluir um simples popup, ou uma ligação em vários serviços que providenciamos, tais como fóruns. A Google faz uso do novo DART cookie para servir anúncios baseados nos seus interesses e na sua visita ao nosso blog e a outros endereços na web. Poderá optar por não utilizar o DART cookie visitando a página de anúncios Google ad e o programa de policiamento da empresa.

Informações Pessoais

◾ Teoria do Elvis não armazena qualquer informação pessoal de seus leitores como nome, endereço ou qualquer outro dado que possa identificá-lo fora da Web.

◾ O servidor do Blogger, plataforma do blog Teoria do Elvis, armazena automaticamente o seu endereço IP, Browser, Sistema Operacional, o idioma, a data e a URL utilizada para navegação (Esse procedimento é padrão e todos os blogs e sites da Internet o fazem automaticamente para fins estatísticos).

Usos

O blog Teoria do Elvis não utiliza qualquer dado coletado para fins comerciais. Os dados que coletamos, automaticamente, são utilizados única e exclusivamente para fins de estatística interna e, em hipótese alguma, são divulgados em público.

Dúvidas e Esclarecimentos

Em caso de permanecer alguma dúvida, ou desejar um esclarecimento mais aprofundado, favor entrar em contato através do endereço eletrônico elvis@centraldorock.com.br
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...