sexta-feira, 27 de maio de 2011

Teoria XI - Quando a burrice é muita, todos sofrem, menos o "burro"!

Esta teoria advém da aplicação da lógica formal e tradicional em questões cotidianas, vejamos.

Se alguém é mais ou menos um imbecil, logicamente, ele será também mais ou menos inteligente.

Neste sentido, mesmo que ele leve um bom tempo, o indivíduo irá perceber quando e onde estava errado, podendo se arrepender e tomar as providências para corrigir ou melhorar.

Desta forma, quando perceber suas asneiras, ele irá passar por um período inicial de arrependimento e sofrimento. Posteriormente, vem a sensação de aceitação da "cagada". Por último, se tiver tido uma boa formação da personalidade, tentará consertar ou no mínimo não errar mais.

Agora... quando a burrice é demais, beirando a debilidade (só beirando, não me interprete mal, não estou me referindo à ninguém com deficiência mental. Neste caso a situação é clínica), a "mula" jamais perceberá que errou, não concorda?!

O "asno" passará pela vida fazendo "merda", prejudicando terceiros, com boa ou má-fé e devido à sua imbecilidade, seu intelecto nunca perceberá os danos que causou.

Com base nisso, podemos concluir que a estupidez é o maior dos defeitos humanos.

O indivíduo inteligente, usará sempre sua intelectualidade para se adequar à sociedade. Se geneticamente, for um cara inflamado e "explosivo", buscará conter seu ímpeto.

Até mesmo as deficiências de caráter podem ser ocultadas, quando o sujeito é inteligente. Da mesma forma, ele irá racionalizar suas ações para viver em paz no seu meio.

Aí você irá me perguntar: "...e o serial killer? E aqueles bandidos que usam a inteligência para o crime?". Pois bem, a resposta é muito simples.

Na verdade, ele não é "totalmente" inteligente. O ser humano não é dotado exclusivamente de inteligência abstrata. O "bandido profissional" às vezes possui muita inteligência abstrata, mas falta-lhe inteligência verbal, espacial e principalmente inteligência emocional.

O que ocorre é que o ser humano é uma máquina muito heterogênea e diversificada. Cada um com sua individualidade. Eu com minha meia inteligência (opa... então sou meio burro também - risos), não possuo a mesma inteligência para todas as áreas. E é assim com a maioria das pessoas.

Agora, cuidado com a burrice extrema... pois como disse acima, ela fará todo mundo sofrer, menos o "burro"!

Um abraço e até a próxima teoria!

Elvis Almeida

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...