quinta-feira, 13 de maio de 2010

Teoria I - Futebol, resultados no mínimo estranhos

E aí pessoal, tudo em cima?

Estou aqui para falar de um assunto que todo mundo gosta, Futebol. Ocorre que todo mundo já deve ter ficado com a pulga atrás da orelha pelo menos alguma vez com o resultado de algumas partidas que influenciaram muito o resultado final de uma copa ou campeonato.

Será que sou apenas eu, ou mais alguém também já teve a impressão de que o resultado da partida foi combinado?

Como é que pode jogadores profissionais (que começaram desde criança) com anos de experiência errarem certos lances, que como diria Fernando Vanucci, "até eu faria"?

Como é que um time inteiro, com escalação ofensiva fica jogando na retranca sem mais nem menos? Como é que uma equipe com atletas super treinados e no auge da forma física começam a cair no campo como se tivessem labirintite?

Como é que um clube perde a partida mesmo nos dando a impressão de que está jogando melhor?

Isto sem falar no famoso apito amigo?!!

Diante destes acontecimentos tão estranhos, eu sempre me refiro ao Futebol como "teatro da bola". Posso até parecer neurótico, mas tudo nos dá a impressão de que maior parte dos resultados são combinados. Que um clube que possui uma carteira de patrocinadores mais influentes, salários mais altos, um plantel de craques mais popular e caro, ou seja, tem mais a perder caso os resultados sejam ruins, costuma sempre ser o campeão brasileiro... etc.

Não estou generalizando... nem para um lado, nem para o outro. Mas que existe a possibilidade de tudo ser arranjado, isto tem. Fazer parecer que é real, melhor dizendo, dar teatralidade ao esporte, é a coisa mais fácil do mundo. Lembremos que se Nelson Piquet Jr. não tivesse revelado ao mundo que seu acidente foi proposital (ou melhor, não foi acidente), ninguém nunca iria saber de nada.

Toda esta Teoria não é nenhuma acusação a nenhum clube específico, mas apenas um alerta... um ponto de reflexão.

Será que vale a pena romper uma amizade por divergências futebolísticas? Pior, será que vale a pena brigar, ferir e até matar, por um espetáculo que pode ter sido armado? Reflitamos sobre isso, e mesmo torcendo, não façamos disso uma sina.

Como diria Nero, "ao povo, pão e circo"!

Até a próxima Teoria.

Elvis Almeida

Um comentário:

  1. Pois eh... Acho que com relação à mala preta, não aconteça com tanta freqüência. Já com relação às malas brancas, acho que sempre tenha esse tipo de "incentivo". hehe

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...